Manhã de Domingo

O silêncio da manhã de domingo só não é completo por conta do som do ventilador.

Ele ainda dorme, como sempre, como se nada mais importasse.

Ela levantou cedo, lentamente, fazendo tudo para evitar acordá-lo.

Lavou o rosto, escovou os dentes, passou o café.

E ele, no máximo mexia os pés com o barulho da porta abrindo.

Ela começa a ficar agitada, não quer perder tempo, não pode fazê-lo.

Então pensa no que pode fazer sem atrapalhar aquele que dorme:

Lê, escreve, lixa as unhas, arruma o cabelo.

As horas passam e ele não se levanta.

Até acorda, trocam algumas palavras, mas nada que o impeça de voltar a dormir.

Talvez o quarto escuro faça ele se enganar, imaginar que ainda é cedo.

Mas o café esfria, as horas passam, e ela cada vez mais impaciente.

Quase hora do almoço!

E o café ainda espera…

Anúncios

Comente!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s