Escolhas

Porque pra mim sempre foi tão difícil tomar partido…

Quando você escolhe uma coisa, tem que abrir mão de outra.

Se está de um lado, não pode estar do outro.

Mas eu só queria ser livre, borboletear por um jardim sem grades, sem redes, sem fim…

Eu me pergunto: será que preciso mesmo passar por tudo isso?

Desistir seria fraqueza, ou apenas a busca por uma vida menos pesada, no sentido abstrato do peso?

Como eu me sentiria se desistisse, se mudasse?

Seria uma boa troca: o peso pela culpa? Pela sensação de fraqueza, impotência?

Será que seria isso mesmo que eu sentiria?

E se eu simplesmente pudesse me sentir livre por fazer uma escolha que vem de dentro de mim?

Anúncios

Comente!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s