Palavras do nada, por nada e sem nada.

Aquele momento em que você quer escrever, mas não sabe bem por onde começar.

Escreve umas poucas linhas, mas apaga tudo porque certos “alguéns” não poderiam ler,

e saber o que você realmente pensa de algumas coisas.

Aí resolve escrever sobre o não poder escrever, e perde-se em palavras,

sabendo que chegará a lugar nenhum.

Lugar nenhum.

Anúncios

2 comentários em “Palavras do nada, por nada e sem nada.

Comente!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s