Sim, eu me preocupo com o que os outros vão pensar,

e não, eu não sei se isso é bom ou ruim.

Poderia ser bom pra me fazer refletir mais antes de falar ou agir, e evitar mal entendidos ou conflitos.

Poderia ser ruim por me limitar, conter coisas que talvez devessem ser colocadas pra fora.

Num momento pode vir o “foda-se” e me fazer vomitar tudo o que eu queria dizer, me levar a fazer tudo o que eu queria sem pensar nas consequências.

Num outro as amarras da preocupação poderiam me seguram tão forte que eu mal poderia respirar.

Continuo sem saber se é bom ou ruim, mas, mais uma vez, posso dizer que a busca do equilíbrio é um bom caminho.

Anúncios

2 comentários em “

  1. Eu creio que aos poucos vamos percebendo o quanto a vida é curta, como os anos escoam como grãos de areia ao vento e assim, vamos nos desapegando de julgamentos alheios. Mas eu vejo que há sim uma diferença entre a opinião do outro e os seus sentimentos, então eu procuro sempre fazer assim: faço minha vontade, o que quero mas valorizo os sentimentos e pensamentos que contrastam com os meus.
    É em meio as diferenças que crescemos, mas é uma grande batalha não sufocar com contrariedades.

    Abraços!

    http://princessandfashion.wordpress.com

    Curtir

    1. É, acho que é por aí mesmo, buscar esse equilíbrio entre o que queremos e as consequências disso pra nós mesmos e para os outros.

      É uma grande batalha sim… Mas é com elas que aprendemos mesmo…

      Muito obrigada pelo seu comentário (:

      abraço!

      Curtir

Comente!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s