Verdade (Ou de como assuntos interessantes podem surgir na faculdade, na mesa de bar ou no Facebook)

A questão começou a permear minha mente após uma das aulas do recém iniciado mestrado em Sociologia.

“O que é a verdade?”

O título do blog não é em vão. Questões e mais questões.

Verdade de quem? Verdade para quem?

Costumo, nas minhas indagações, não chegar a lugar nenhum. Mas dessa vez posso dizer que dei uns bons passos.

A verdade não existe. É só uma referência de acordo com um ponto de vista.

A minha verdade pode não significar nada para o outro. Verdades são muitas vezes fundamentadas em subjetividades.

(Veja que essa é a minha verdade sobre a verdade!)

Para agregar aos pensamentos, me surgiu, no Facebook, o seguinte:

E é aí que criamos as nossas verdades.

Mas e as coisas como realmente são? Que realidade é essa? Que verdade é essa?

Começo a achar que a realidade não existe também, mas fica complexo demais.

Pausa.

A verdade é que… Não. Vamos começar de outra forma.

Acredito que existam muitas realidades e muitas verdades.

Que podem ser parecidas, entrelaçadas, ou também tão distantes e diferentes.

Uma verdade para mim é que é importante ter consciência. Ser capaz de ver as coisas de uma forma mais ampla, livrar-se de certas limitações, como essa, de achar que a sua realidade ou verdade é a única e está correta.

A vida é uma imensidão, mas precisamos estar abertos para ver e ir além.

Anúncios

Comente!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s