Oficina de Aquarela

Nesse fim de semana participei de uma oficina de aquarela no Sesc Thermas, aqui em Presidente Prudente. Foram duas manhãs com o ilustrador Nestor Jr. aprendendo algumas técnicas bem interessantes!

Eu tenho contato com aquarela já faz um tempo, mas sempre foi uma coisa de brincar com as cores e formas, sem compromisso. Em geral eu fazia desenhos abstratos e, claro, mandalas.

Mas essa oficina foi uma oportunidade de aprender um pouco mais algumas formas de “controlar” a tinta. Na aquarela isso é bem difícil, pois em geral tudo se espalha rapidamente. Mas vi que é possível fazer algumas coisas saírem como queremos – ou quase… rsrs!

Acho que o que mais gostei de aprender foi a parte do degradê. Fizemos alguns exercícios e no fim acho que consegui pegar o jeito!

aquarela3
Degradê 
aquarela4
Degradê em esferas

Outra coisa que achei bem legal foi fazer detalhes com água sobre a tinta e depois remover com papel toalha, deixando assim umas marquinhas bacanas.

aquarela1
Os “passarinhos” fiz usando remoção com água, e as ondas com tinta e pincel fininho.

Tivemos também um exercício que pra mim foi o mais difícil: desenhar um “objeto”. Na verdade eram folhas, flores e galhos que deveríamos tentar reproduzir. Logo de cara já fiquei preocupada com a proposta, pois não é algo que costumo fazer e não me sinto a vontade… Mas como estava lá pra me divertir, botei a mão na massa no pincel. Primeiro fizemos da forma que veio na cabeça e depois contamos com algumas dicas do Nestor. Eis o meu resultado:

collagefolhas
Na esquerda, o primeiro desenho, sem dicas; na direita o segundo, com dicas.

Olha, apesar de não ter ficado “uau, que lindo”, achei que melhorou bastante do primeiro pro segundo. No fim foi um exercício não só relacionado ao desenho, mas a um entendimento de mim mesma, pois pude observar esse apego que muitas vezes temos de fazer a coisa “correta”, “perfeita”, “do jeito que tem que ser” e a dificuldade de se deixar levar um pouco, de trabalhar de forma mais leve, sem tanta cobrança.

Bom, não é com uma oficina que vou simplesmente ficar “craque” – seja na aquarela, seja nas coisas da vida – mas foi bem interessante e o aprendizado é sempre válido!

Beijos!

oliviaparablog

Anúncios

Mandalas (quase) inéditas

Oi gente!

Quem já estava sentindo falta das mandalas por aqui?

Hoje vou mostrar algumas que eu ainda não havia postado… Na verdade uma delas aparece nesse post aqui, é a que dei de presente pro Liniker!

E ela tem uma irmã, um complemento… olha só:

pixlr_20151225155335413

Eu reaprendi a fazer esse ponto e resolvi fazer uma mandala todinha com ele! Primeiro fiz a quente, com rosa, vermelho e vinho, nessa proposta do claro no centro indo pro escuro nas pontas. Daí o namorado sugeriu que eu fizesse o contrário: centro escuro clareando para as pontas. Foi aí que fiz essa fria, com tons de azul e verde.

A outra que quero mostrar pra vocês foi inspirada numa mandala que uma amiga me mostrou… vi essas cores (que separadamente parecem não combinar muito) e resolvi arriscar algo nesse sentido, e, por fim, adorei o resultado!

IMG_20151217_151839

É isso pessoal! Espero que tenham gostado :)

Se tiverem interesse em adquirir uma dessas mandalas, ou encomendar uma de acordo com suas preferências é só entrar em contato pelos comentários ou no inbox da nossa página no Facebook!

Beijos!

 

Mandalas de Lã ~ Ojos de Dios

Ojos de Dios, ou, traduzindo, Olhos de Deus são originários do México. Típicos do povo Huichol, é para eles uma ferramenta ritual, um objeto mágico e também um símbolo cultural. Para este povo o Olho de Deus de quatro pontas representa os quatro elementos: Terra, Fogo, Água e Ar. Mas são feitos também com mais pontas, e com formatos simples ou mais complexos.

No ritual Huichol, o Olho de Deus começa a ser feito quando nasce uma criança. Nesta etapa, o pai tece o olho central, e depois são adicionados outros para cada ano de vida da criança até que ela atinja cinco anos de idade.

Os Huichol chamam seus Olhos de Deus de “Sikuli”, que significa “o poder de ver e compreender coisas desconhecidas”. O Olho de Deus traz, portanto, o simbolismo do poder da visão e entendimento do desconhecido.

Os Olhos de Deus são também chamados de Mandalas, pois também apresentam a característica da geometria circular.

De modo geral, a mandala é conhecida como um círculo mágico, já que em sânscrito significa “círculo” e é tida como uma figura que representa o universo. Além disso, são usadas como instrumento de meditação, em expressões artísticas e religiosas e também na psicoterapia, com destaque para os estudos de Carl Jung.

“Toda manifestação artística de uma pessoa é a imagem que surge no espelho da sua alma. Assim o é também a sua mandala que você desenha, pinta, colore, constrói, canta, representa, brinca ou dança.” (Julia Barany)

Refletindo sobre essa afirmação, me lembrei de como realmente as minhas sensações no momento da criação da mandala refletem no resultado. Sentimentos internos se mostram externamente ao se colocarem naquilo que estamos criando. É possível, portanto, utilizar as mandalas como instrumento de auto-conhecimento.

Estas são algumas das minhas mandalas de lã:

Primeira da vida
Primeira da vida ♥
Do mar, e lá perto dele ela ficou
Do mar, e lá perto dele ela ficou…
Especialíssima
Especialíssima *-*
Essa ficou no Parque Augusta! (tem foto dela no post anterior)
Essa ficou no Parque Augusta! (tem foto dela no post anterior)
A que tem dois lados (e 12 pontas!)
A que tem dois lados (e 12 pontas!)

Mais fotos você encontra nesse post aqui. E para conhecer minhas outras mandalas é só dar uma olhada na categoria Minhas Mandalas ^^

Espero que tenham gostado!

Beijos!

Fontes:

http://setasparaoinfinito.blogspot.com.br/2011/10/ojos-de-dios-cultura-dos-huichois.html

http://www.antroposofy.com.br/wordpress/os-efeitos-terapeuticos-e-curativos-das-mandalas/

http://www.significados.com.br/mandala/



			
		

Mandalas, Tai Chi, Parque Augusta e Convite!

Sim, é muita coisa pra um post só.  Mas como vocês devem ter percebido, ando meio sumida do blog e resolvi fazer esse resumão que envolve coisas que tenho feito ultimamente no mundo real e que, é claro, refletem aqui no mundinho virtual!

(Vai ser um resumo mesmo para chegar logo “ao que interessa” que é o convite. Talvez mais pra frente eu faça posts mais específicos sobre os outros assuntos, ok?)

Comecemos pelas mandalas. Todos sabem o quanto sou apaixonada e envolvida com elas, então busco sempre conhecer novos materiais e técnicas para fazer de formas diferentes. Já havia conhecido as mandalas de lã (conhecidas também como Ojos de Dios) através de uma amiga que inclusive me ensinou e pude fazer a minha primeira. Mas depois disso acabei não me dedicando e não fiz mais. Até que num grupo do Facebook descobri que haveria aqui em SP uma Vivência de Mandalas, numa data que eu poderia participar. Me inscrevi e passei um dia incrível com direito à danças circulares, almoço vegetariano, muito aprendizado e pessoas maravilhosas!

Eu e minha mandala criada na 2ª Vivência de Mandalas oferecida pela Mandalas by Lala

Como estou passando as férias em São Paulo, resolvi buscar outras atividades para fazer nesse período, e logo descobri a querida Lenny Blue que orienta práticas de Tai Chi Pai Lin aqui no centro da cidade, em locais como a Praça Roosevelt e o Parque Augusta. Foi através dela que conheci o mágico Parque Augusta. Confesso que a princípio fiquei um pouco acanhada ao entrar no parque, um lugar desconhecido, com barracas e pessoas acampadas, com mata misturada a áreas de concreto, cartazes e artes penduradas, enfim, um ambiente diferente de tudo que eu já tinha visto. Circulavam “malucos”, famílias, cachorros e senhorinhas, então logo percebi que também era espaço pra mim, afinal era espaço pra TODOS. Um cara se aproximou (acho que percebendo como eu me sentia perdida ali) e começou a me contar sobre a história do parque. Eu já tinha ouvido falar alguma coisa, mas estando ali pude entender bem mais sobre a importância de se manter o local como um parque de uso público. Não vou detalhar toda a história, mas indicarei um site onde vocês podem conhecer mais através do links indicados e, se achar justo, ajudar a pressionar para a efetiva criação do parque!

Essa placa representa muito o Parque Augusta *-* “Esta é uma área pública de uso exclusivo para sua livre expressão. É expressamente proibido proibir pedestres e animais de passear, desfrutar, permanecer, viver, amar…” ♡

Enfim, unindo tudo isso, surgiu a ideia de realizar uma roda de mandalas no Parque Augusta após uma prática de Tai Chi (siiiim, tudo se interliga aqui!). E é aí que entra a parte do convite:

Gostaria de convidá-los para uma atividade especial que realizaremos no Parque Augusta na próxima terça-feira, dia 3 de março, às 9h. A querida Lenny Blue orientará uma prática de Tai Chi Pai Lin e logo depois faremos uma roda de mandalas de lã (Ojos de Dios)!

Não precisa ter experiência com nenhuma das atividades, apenas ir com disposição e aprenderemos juntos!

Pra quem não conhece o Parque Augusta, este é um espaço que fica na região central de São Paulo e está em trâmites de negociação, enfim, uma longa história que vocês podem conhecer (e pressionar) melhor aqui: http://paneladepressao.nossascidades.org/campaigns/611
No dia 4 de março (quarta-feira) está prevista uma reintegração de posse, e creio que será um momento de muita tensão. Por isso, ao longo desses dias que antecedem, muitas pessoas tem buscado realizar atividades no local para mostrar cada vez mais sua importância para a população e também criar uma atmosfera positiva e espalhar boas energias.

Para o Tai Chi é legal ir com roupas confortáveis e quem quiser/puder pode contribuir levando material para a confecção das mandalas, sendo eles: palitos (de churrasco, de algodão doce, de sorvete), lãs/fios e tesoura. Lembrando que os materiais são opcionais, não se preocupem pois podemos compartilhar!

Fica o convite para TODAS AS PESSOAS!

3 DE MARÇO (TERÇA-FEIRA) – 9h

PARQUE AUGUSTA (entrada pela Rua Marquês de Paranaguá em frente ao DP)

É só aparecer ou entrar em contato :)

Links úteis:

Facebook Mandalas by Lala – Para conhecer e se informar sobre as próximas vivências!

Facebook Parque Augusta – Para saber mais sobre o espaço e atividades que estão rolando!

Facebook Blog Eis a Questão – Para ficar sempre por dentro do que rola aqui e obter mais informações sobre a atividade do dia 03/03.

 

Beijos!

 

Color Mandala

Acho que fazia um tempinho que eu não falava de mandalas por aqui, né?
Elas são super presentes nos meus dias, mas nem sempre aparecem vinculadas aos posts.
Mas a verdade é que sempre estou descobrindo algo novo com elas e adoro compartilhar!
Uma coisa que descobri recentemente com a dica da Flávia do blog FoFlah® nesse post foi esse site/aplicativo super legal, o Color Mandala!

Nele você tem opções de colorir mandalas no site, de salvar/imprimir para colorir e de criar suas próprias mandalas!

É bem prático de mexer se você escolher apenas colorir, já para criar é um pouco mais trabalhoso, mas se você tirar um tempinho pra fuçar e testar com certeza vai conseguir criar coisas bacanas!

Eis algumas mandalas que eu colori no site:

colormandala1 colormandala2 colormandala3 colormandala4 colormandala5

E aqui um modelo que eu criei:

colormandala shape meu

Espero que se divirtam um pouquinho com as mandalas :)

Afinal, não tem certo e errado, é só deixar a criatividade fluir e aproveitar o momento!

Beijos!

 

Item 56: Painel na parede

IMG_20140510_092931

Há tempos venho guardando postais e coisas do tipo pensando em montar um mural. Eis que me animei recentemente e fiz!

Ficou bem simples, mas tem muitos elementos que me agradam e aquela misturinha de coisas que sempre rola.

Acho uma ideia bacana, fácil e barata para dar um up na decoração! Dá pra fazer também com fotos e tentar diversos formatos, como o de coração, que com certeza vocês já viram pela internet afora. É só usar a criatividade e ser feliz :D

Eu fixei na parede com fita dupla face e até agora permanece firme.

E vocês, já fizeram algo do tipo para decorar seu cantinho? Me contem :)

Ah, já votaram na enquete de 5 anos do Blog? Votem AQUI!!!

E curtam também nossa página no Facebook >> Fan Page Eis a Questão… <<

Beijos!

 

Fofurices de Philippa Rice

A criatividade e fofurice de Philippa Rice me conquistaram desde que a conheci nesse post do blog Olhando por Aí, da Tayná Coelho.

Foi aí que procurei mais trabalhos dela no Site e Tumblr! Descobri a variedade de sua arte, que conta com quadrinhos românticos que retratam o cotidiano de um casal, animações feitas com bonecos de papel, crochê e materiais recicláveis, enfim, muita coisa bacana e criativa! Vale a pena conferir (:

Escolhi algumas das minhas fofurices preferidas pra mostrar pra vocês:

Quem nunca?! Rsrs...
Quem nunca?! Rsrs…
out
:)
Todos juntos!
Todos juntos!
Adooooro pipoca :D
Adooooro pipoca :D
Nhac!
Nhac!
elephant
Elefantes *-*

Falando em Tumblr, quem quiser pode me seguir por lá também: – eeisaquestao

Beijos!

Arte Interativa

É essa a proposta desse site que me conquistou e tem sido uma ótima distração nos últimos dias!

O Silk é um site onde vc consegue criar diferentes desenhos, acho que o lance é se jogar e criar! Pra desenhar vc só precisa segurar e arrastar.

Pra dar um empurrãozinho fiz uma pequena apresentação da interface do site pra vcs (:

Silk

Estas são algumas das minhas criações:

bemloco00 bemloco9 bemloco10 bemloco11 bemloco12 bemloco22 bemloco26 bemloco15

Bom, eu particularmente gosto mais das formas circulares, na ideia de mandala, mas o site permite a criação uma infinidade de formas, é soltar a mão e ver o que sai *-*

Espero realmente que entrem e testem, mesmo que uma vez só, pra ver como é!

Me contem o que acharam! E se quiserem compartilhem também as suas criações (:

Beijo!