Meus livros para 2017

Em geral eu não sou muito de ler livros completos. Sempre estou lendo capítulos, trechos, principalmente dos conteúdos teóricos relacionados ao temas das minhas aulas. Por ter essa “obrigação” de ler, muitas vezes a leitura não era aquilo que eu queria fazer nas horas de lazer.

Mas ano passado a coisa começou a mudar um pouco, pois me interessei bastante por temas voltados à espiritualidade, consciência, autoconhecimento. Esse interesse me fez ler, no ano passado, dois livros que gostei muito: Manual de Instruções da Ressonância Harmônica, de Hélio Couto e Saúde das Emoções, de Alírio de Cerqueira Filho.

Daí comecei o ano de 2017 ganhando o livro Mãos de Luz, de Barbara Ann Brennan do meu pai e também comprei mais alguns livros que vou contar com detalhes pra vocês!

Atenção plena em poucas palavras – Dra. Patrizia Collard

Um livro fofo, acho que seria a melhor definição. As ilustrações são lindas, o conteúdo é bem claro e objetivo e ele é pequenino, cabe  na palma da mão. Recheado de exercícios focados na prática da atenção plena, é um caminho para o autoconhecimento através dessas meditações rápidas que já representam um grande passo para quem tem dificuldades de se desligar da correria do cotidiano.

Um novo mundo: o despertar de uma nova consciência – Eckhart Tolle

O que dizer desse livro que mal conheço e já considero pakas? Eckhart Tolle já é muito conhecido pelo livro O poder do agora, mas confesso que lendo a descrição de ambos, me interessei mais por esse que comprei, deixando o famoso pra depois. Acho que foi uma boa escolha, pois estou adorando o livro, o conteúdo e a organização em capítulos pequenos (que nos permite ler em pequenas pausas na correria do dia) me conquistaram muito!

Mulheres, comida e Deus: uma estratégia inspiradora para quase tudo na vida – Geneen Roth

Olha, sinceramente eu li muito pouco desse livro pra poder emitir opiniões. Então vou contar o que me levou a pegá-lo na prateleira e trazer pra casa: na verdade foi bem por acaso que bati o olho nele numa prateleira que fui olhar pra desviar de uma pessoa que passava na livraria. Quando li esse título fez todo o sentido pensando no meu momento de vida: sou mulher, estou tentando entender e melhorar minha relação com a comida e com Deus/espiritualidade.

O livro da Sociologia – Coleção As grandes ideias de todos os tempos

Dessa vez esse foi o único livro escolhido por objetivos profissionais. Achei um livro bem dinâmico, com resumos interessantes de temas importantes na sociologia que posso inclusive usar para preparar aulas ou até mesmo propor leitura aos alunos. Encontrei temas já conhecidos e outros nem tanto, o que é bom! Gostei bastante do fato de ter fotos, quadros, esquemas… acho que facilita a compreensão de uma forma mais leve do que com texto extensos.

 

E aí, o que estão lendo nesse ano? Me contem nos comentários!

Beijos!

Anúncios

Férias! (Agora me aguentem!)

Olaaarrr!

Adivinha quem estou de férias?!

E adivinha quem estou preparando vários posts agora que tenho mais tempo livre?

Sim, enfim poderei estar mais presente depois de um ano um pouco parado por aqui.

Já comecei com umas mudanças no layout do blog e tô num momento de muitas reflexões sobre várias questões, então com certeza teremos mais posts nesse período de férias.

Pra dar um belo start, vou contar pra vocês sobre meu primeiro fim de semana de férias!

No sábado fomos num Festival de Cerveja Artesanal. Um evento bem diferenciado pra nossa região (aqui rola mais festa de sertanejo, e não é o que eu curto).

Foi lançamento de uma nova cerveja da Inprudente Cervejaria e rolou chopp artesanal, comidinhas deliciosas, bandas bacanas e gente linda com trajes pin up!

 

pin-upinha
Eu tentando entrar no ~pin up style~

Já o domingo foi dia de morgar, total! Almocei com a minha vó e fiquei o resto do dia jogada no sofá, fuçando na internet e vendo Netflix. De noite o mozão fez um strogonoff mara e assistimos Precisamos falar sobre o Kevin. Que filme doido!

E vocês, vão ter férias nesse fim de ano? Quais os planos?

Beijos!

O que fazer nas férias?

O que fazer nas férias??? (que agora foram prolongadas para muita gente para evitar a expansão da gripe “suína”).

 Eis a questão!

Tenho algumas dicas, de coisas que fiz ou gostaria de fazer ^^ :

  1. Cuide de sí mesmo: reserve um tempo pra cuidar de vc, do seu corpo. Veja qual é a maneira que mais lhe agrada para fazer isso. Tem quem goste de exercício físico (não é o meu caso!), tem quem prefira uma sessão de beleza com muitos cremes. Eu ainda não coloquei essa parte em prática, mas quero fazer um bom alongamento e uns exercícios no chão, e quem sabe uma auto-massagem!
  2. Trabalho manual (com agulhas): o friozinho que tem feito é um aliado para trabalharmos com lã, eu redescobri o tear e fiz dois cachecóis. Pra quem leva mais jeito tem também o tricô e crochê.
  3. Desenhar/pintar: se você (assim como eu) não se dá bem na parte de desenhar, pinte. Pegue um desenho pronto e brinque de colorir, pinte coisas abstratas se não estiver afim de detalhes. Nesta parte não fiz muita coisa, apenas pintei uma peça de madeira.
  4. Ouça música: sabe aquele cantor ou banda que vc gosta mas não toca no rádio?! Pegue seu cd, ou mp3, mp4, mpseiláoque, ou disco de vinil (para os poucos que ainda possuem) e escute aquilo que te agrada. Quem não gosta?!
  5. Assista filmes: tem gosto pra tudo. E tem gente que se engana, pois muitas vezes julgamos mal um filme pelo que ouvimos falar, ou pela capa, e no fim gostamos dele! Já vi vários nessas férias, dos mais diversos tipos, e gostei da maioria.
  6. Customize: isso pode ser feito das mais diversas maneiras! Eu peguei revistas e recortei coisas que me agradavam pra fazer uma colagem numa capa de caderno. Assim você pode tranformar uma coisa comum em algo que tenha a sua cara!
  7. Tire fotos: essa é uma coisa que gosto muito! Registrar as coisas, as paisagens, os momentos, ou até mesmo fazer poses diferentes… e se a foto não ficou tão boa quanto vc gostaria, perca algum tempo editando, brinque com as imagens, pode ser que acabe encontrando um jeito de deixá-la como vc queria!
  8. Fique com quem vc ama: nada melhor do que aproveitar o tempo para ficar com a família, os amigos, mesmo que seja apenas para curtir a presença dessas pessoas e conversar um pouco.

O mais importante é fazer o que vc gosta! Divirta-se! E aproveite os momentos com consciência ;D