foto

Letra ~O~

Demorei um pouquinho pra pensar numa palavra com essa letra. De cara veio o meu nome, mas não achei graça em postar uma selfie de Olivia. Depois pesquisei objetos com a letra e achei “óculos” interessante pra fazer uma foto. Daí então resolvi olhar as minhas fotos recentes no celular e lá estava o mar. Um mar esmeralda dos mais lindos que já vi. Não que tenha sido minha primeira vez na Praia da Enseada no Guarujá, mas parece que nunca tinha visto o mar dessa cor tão incrível. E o que tem no mar? Ondas!

E esse é o tema da foto de hoje:

A música não poderia ser outra:

Beijos!

Anúncios

Letra ~N~

Sim! Eis que mais de um ano depois da última postagem nesta categoria, voltei!

Estava lembrando desse projeto fotográfico esses dias e me dei conta do abandono… Fiquei realmente triste porque acho um projeto super legal, então resolvi retomar. Tem sido um pouco difícil fotografar com mais calma, mais preocupação com qualidade e tals… Nem sei quanto tempo faz que não pego a minha câmera e saio por aí. Ultimamente só o celular mesmo pra fazer aqueles registros cotidianos que vão pras redes sociais. Mas gosto muito de fotografia, e espero que essa retomada do projeto me faça retornar a esse universo.

Mas vamos à letra N. Primeira coisa que me veio à cabeça foi natureza. Então fui dar uma olhada nas últimas fotos que tirei durante um passeio que fizemos em Rosana/SP, onde rolou um passeio de barco e tudo mais. Lembrei que tirei uma foto que gostei bastante, mas quando fui ver, quase não tinha natureza nela, mas tinha um .

dscn2207

O fato é que prefiro essa palavra no plural: nós. Pode ser sinônimo de laço, pensado no nó da corda, mas também pode ser nós entrelaçados pelo sentimento, um elo, um vínculo, nós dois como um só.

É por isso que hoje vai ter uma foto do projeto e uma foto extra, uma foto de nós <3

dscn2346

Hoje, 11/11/2016, nós completamos 10 anos de namoro! E não poderia passar em branco por aqui. Te amo, meu amor!

 

Sobre foto preto e branco, câncer, julgamentos e fazer o bem

 

Mulheres, Céu, Harmonia, Paz, Mar, Praia

Fazer o bem não pode ser uma imposição. Sei que desejamos um mundo melhor, que achamos que todos deveriam fazer as coisas de forma mais “efetiva”, mas não adianta, é desperdício de energia. Pressionar os outros para que tenham certas posturas me parece bem menos efetivo do que pressionar a si mesmo e fazer acontecer. Acha mais efetivo outras ações do que colocar uma foto em preto e branco no Facebook? Faça você as ações que estão ao seu alcance. Mas deixe em paz as pessoas que só vão colocar a foto mesmo. Afinal, alguém que coloca a foto pode também tomar outras providências. E você que está apontando dedos pode muito bem estar aí a toa no Facebook não fazendo absolutamente nada pra ajudar na luta contra o câncer. Enfim, acho chata essa distribuição de julgamentos toda vez. E é julgamento pra todos os lados, sempre. Inclusive nesse texto estou julgando também, mesmo que na tentativa de amenizar as coisas.

Bem, minha sugestão: Vamos olhar mais pra dentro, pra nós mesmos. Vamos fazer o bem sem precisar gritar pro mundo esperando algo em troca. Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance sem nos culpar quando não é suficiente pros outros. Vamos tentar espalhar informação e ajuda sem pressão. Vamos seguir nossos ideais sem querer impor que os outros sigam também. Vamos fazer mais sugestões e menos críticas. Vamos fazer o nosso mundo melhor para depois, juntos, fazermos um mundo melhor para todos.

Comece por si mesmo: com certeza sendo melhor em sua essência, você vai fazer o bem pra quem está ao seu redor e vai contribuir aumentando a corrente da paz e do amor.

(Pra quem não entendeu do que se trata: está rolando uma corrente/desafio no Facebook para que as mulheres coloquem fotos em preto e branco como uma forma de participar da campanha de combate ao câncer. Tem gente participando. Tem gente criticando quem está participando. Tem gente que participa de outras ações relacionadas ao tema. Tem gente que só posta no Facebook mesmo. E tem essa blogueira que vos fala, sugerindo que fiquemos mais tranquilos com nossas próprias consciências e com aqueles que estão ao nosso redor.)

Letra ~M~

Essa tá muuuuito fácil de adivinhar né?!

O que mais tem nesse blog e começa com a letra M?

Só pode ser Mandala!

Fiquei até em dúvida sobre qual mandala fotografar, pois são tantas na minha casa, na minha vida… De diversos materiais, de diversos tipos… Mas a escolhida foi essa, que fiz realmente pra mim, pensando na minha casa:

O mais interessante foi que não conhecia nenhuma música com mandala, e quando fui pesquisar descobri essa do Jorge Vercillo e achei bem bacana!

E aí, gostaram?

Beijos!

Aquarela na Praça

Já faz uns dias que rolou isso, mas resolvi compartilhar pois acredito que tem uma mensagem interessante por trás.

Estive passando uns dias em São Paulo e uma das coisas que sempre tentamos fazer por lá é uma aula de aquarela. Meu pai é artista plástico e dá uns toques pra gente fazer os desenhos. Não é como uma aula de escola, é livre e com o intuito de ser agradável e leve. Essas “aulas” costumam ser na casa de uma amiga nossa, mas dessa vez resolvemos fazer numa praça, e foi incrível!

2015-07-19 14.22.46

O lugar escolhido foi a Praça Buenos Aires, que fica na Av. Angélica, em Higienópolis. Uma praça grande, que no domingo mais parece um parque: muitos passeando com seus cachorros, famílias inteiras com crianças correndo descalças, pique-nique com direito a cestas e cangas no gramado. O clima era realmente agradável!

 

2015-07-19 15.03.50

 

Encontramos então um lugar mais calmo para começar os desenhos. Dessa vez cada um escolheu o que estava afim e nos espalhamos um pouco. Eu já sabia que a minha praia ia ser ficar sentada na canga mesmo, e tentei me inspirar na própria praça para fazer os desenhos.

IMG_0257

 

Não fotografei todos os desenhos que fiz, mas acho que esse representa bem o ambiente da praça:

2015-07-19 15.51.05

Como vocês podem perceber, não sou “desenhista” (como me perguntou uma menina que sentou do meu lado enquanto eu desenhava), mas o bom é poder desapegar da obrigação de fazer algo bonito e simplesmente curtir o momento, ah, e isso posso dizer que soube fazer muito bem!

Olha a turma quase toda:

IMG_0280

Bom, pra quem ainda está se perguntando sobre a mensagem por trás desse post, acho que acabei encontrando mais de uma, e talvez vocês encontrem outras além das que percebi:

– Mesmo em cidades grandes como São Paulo, existem espaços que nos permitem estar mais próximos da natureza e nos desligar um pouco da correria que a cidade representa. Que tal aproveitar mais o que a sua cidade tem de bom?

– Desfrutar das coisas simples é algo que pode ser feito por todos, independente se é através de uma aquarela na praça, de uma tarde com os amigos ou uma brincadeira com seu bichinho de estimação.

– Precisamos nos cobrar menos em algumas coisas. Claro que temos as obrigações e as coisas com as quais realmente precisamos nos preocupar, mas precisamos entender que isso não precisa ser assim pra tudo na vida, em alguns aspectos podemos ser mais leves, deixando as cobranças pra lá.

Bom, espero ter mais momentos como esse, e espero que tenham gostado do post e quem sabe se inspirem para buscar lugares legais e atividades legais onde quer que estejam!

Beijão!