Letra ~P~

Olha, sou persistente sim, e cara de pau! Não desisti ainda do projeto fotográfico A-Z.

Agora é a vez da letra ~P~ e escolhi uma foto fofa de plantinhas! Estou de férias na casa do meu pai no sul de Minas Gerais, e minha madrasta está fazendo vários vasinhos lindinhos de suculentas, cactus e outras plantinhas! Escolhi duas lindinhas pra mostrar aqui hoje:

 

Pra acompanhar, escolhi uma música que eu amo de um cantor que eu amo, e que fala de flor… hehehe!

Flor de Lis – Djavan

 

Não tem constância, mas pelo menos não abandonei, vocês entendem, né?! rsrsrs…

Beijos!

Anúncios

Lançamentos musicais imperdíveis!

Essa semana foram lançados dois álbuns de artistas que eu gosto muito e não podia deixar de trazer pra vocês.

O primeiro lançamento é da banda Vanguart, que apesar de ter um bom tempo de existência, eu só conheci melhor em 2014, quando eles foram fazer um show em Dourados e eu fui conhecer as músicas pra não ficar ~perdidona~ na apresentação. Desde então segui ouvindo a banda, apesar de ter ficado um pouco de lado após minha mudança de cidade (que representou muitas outras mudanças na vida).

O álbum novo deles chama “Beijo Estranho”, e tem 11 faixas inéditas que já estão disponíveis no YouTube e em outras plataformas. Deixo a playlist do álbum pra quem já quiser conferir!

 

O outro lançamento é de um dos caras mais admiráveis do cenário musical brasileiro: Criolo. Eu nem tenho palavras para explicar o quanto esse cara é importante. Mas se tem uma palavra a dizer sobre ele é: recomendo!

Essa semana ele lançou “Espiral de Ilusão”, um álbum de sambas, inédito e incrível! Conhecido pela sua trajetória no rap, ele já apresentava grande proximidade com o samba e já era notado como um nome da MPB. Inclusive, no site dele tem uma revista contendo uma entrevista muito bacana com ele! O álbum também está disponível para download no site, e disponível no YouTube.

Espero que tenham gostado e aproveitem o fim de semana com muita música boa!

Se tiverem indicações de lançamentos deixem nos comentários que vou adorar saber ;)

Beijos!

Letra ~O~

Demorei um pouquinho pra pensar numa palavra com essa letra. De cara veio o meu nome, mas não achei graça em postar uma selfie de Olivia. Depois pesquisei objetos com a letra e achei “óculos” interessante pra fazer uma foto. Daí então resolvi olhar as minhas fotos recentes no celular e lá estava o mar. Um mar esmeralda dos mais lindos que já vi. Não que tenha sido minha primeira vez na Praia da Enseada no Guarujá, mas parece que nunca tinha visto o mar dessa cor tão incrível. E o que tem no mar? Ondas!

E esse é o tema da foto de hoje:

A música não poderia ser outra:

Beijos!

Queridinhos de 2016 – Música

Olar gentem! Tudo certo?

Fim de ano chegou e como amante das listas que sou, resolvi fazer esse post com meus sons preferidos em 2016. Pretendo fazer listas de outras coisas, mas não prometo nada… rsrsrs!

Lembrando que essa lista não é necessariamente de músicos/álbuns lançados neste ano, mas sim daqueles que mais ouvi ou que mais me marcaram nesse ano lindo. E também quero dizer que não está em ordem de preferência, a ordem foi só conforme fui lembrando mesmo! Hahaha

Vamos lá:

Liniker (& Os Caramelows)

Essa lindeza apareceu na minha vida ano passado com a música mais grude: Zero. E permaneceu porque faz um som maravilhoso, e por ser uma pessoa lacradora destruidora de padrões de gênero!

Braza

Na verdade não lembro direito como descobri o Braza, mas só depois de já estar curtindo fiquei sabendo que é uma banda composta por integrantes do Forfun que já era uma banda que eu curto há um tempo. Esse é o tipo de som que faz a gente pensar, refletir sobre coisas muito além daquilo que vemos no cotidiano.

Nomade Orquestra

Indicação da Gringa (sempre manda bem nas dicas musicais!), ouvi muito pra preparar aulas, corrigir provas… Instrumental é muito bom pra atividades intelectuais, acho que porque não interfere nos pensamentos de uma forma ruim :)

Tássia Reis

Essa também foi recomendação da Gringa e pra ajudar tive o prazer de ver essa moça divar numa participação do show d’As Bahias e a Cozinha Mineira (gente, elas são incríveis, não estão na lista porque não escuto muito, mas recomendo que conheçam!). Super delicinha esse som!

Black Alien

Tive que deixar os dois álbuns porque ouvi muito os dois! Depois que o rap me conquistou sempre tem um som desse tipo nas minhas playlists, e é um dos sons que mais me faz pensar nas coisas. O Black Alien fala de questões sociais a espirituais, e tudo isso tem feito muito mais sentido pra mim ultimamente.

E vocês, o que ouviram bastante esse ano?

Aceito recomendações :D

Beijos!

Pra ouvir: BNegão & Seletores de Frequência

Um som com ALMA, com certeza!

Vocês devem se lembrar do BNegão como vocalista da Planet Hemp, mas após a saída do grupo ele já lançou três álbuns nesse projeto: Enxugando Gelo (2003), Sintoniza Lá (2012) e Transmutação (2015). E a boa notícia é que todos estão disponíveis para DOWNLOAD GRATUITO! Eles foram um dos primeiros artistas brasileiros a liberar músicas gratuitamente. Para baixar, é só acessar o site deles.

Bom, nem sei bem como falar desse som, porque é mais um lance de energia. É uma musicalidade incrível, com grandes doses de crítica social e uma boa pitada de dicas sobre coisas implícitas da vida que muitas vezes demoramos pra descobrir ou entender.

Foi difícil, mas escolhi uma música de cada álbum pra apresentar aqui. Recomendo que ouçam e vejam o que rola. Espero que sintonizem numa frequência POSITIVA ;)

(os álbuns completos também estão disponíveis no YouTube!)

Do Enxugando Gelo: O Processo – “Dentro das possibilidades, procurar a melhor opção
(o processo é lento), realidade não é sempre o que parece (o processo é lento).”

Do Sintoniza Lá: Sintoniza lá – “Se a hora é de chorar, se a emoção transbordou, deixa fluir, deixa extravasar, se a hora é de secar as lágrimas e seguir com a mente mais clara e arejada, é pra já!”

Do Transmutação: Giratória (Sua Direção) – “Procure a sua saída, encontre a sua vida eu disse, encontre, encontre, encontre sua própria direção!”

Pra ouvir: Liniker

Talvez você já tenho ouvido e visto Liniker por aí mas não está ligando o nome à pessoa.

Digo isso porque esse vídeo de Zero rolou bastante pelo Facebook um tempo atrás:

~Aquela que você vai se pegar cantarolando o tempo todo~

Lembrou? Se não viu antes, viu agora e deve ter sacado que esse som é bem bacana!

Liniker é o cantor, que com uma expressão de gênero voltada para o feminino cativa pela performance contagiante e voz marcante.

A banda não fica pra trás: super qualidade instrumental e as backing vocals poderosas e empoderadas!

Bom, eu poderia tecer elogios num post imenso, mas acho que vale mais a pena deixar os vídeos pra que vocês conheçam e tirem as próprias conclusões!

~Aquela que não deixa a gente ficar com o corpinho parado~

~Aquela que te deixa envolvidão~

A coisa mais legal de tudo isso é que eles vieram fazer um show no Sesc de Prudente e pude estar lá *-*

Aproveitei a oportunidade pra presentear Liniker com uma das minhas mandalas, como forma de agradecimento mesmo, principalmente porque Zero foi a trilha sonora de uns dias de muito amor com os amigos!

liniker

E gente, além de ser incrível no palco ele foi super simpático pessoalmente ♥

Só me resta desejar muito sucesso, paz e luz pro caminho dessa galera, pra que continuem esse trabalho lindo!

E aí, gostaram? Já conheciam?

Beijos!

Pra ouvir: Supercombo

Dica musical por aqui!

E a história com essa banda foi bem diferente… Primeiro vi um amigo postando algumas coisas dessa banda no Facebook mas nunca fui atrás de conhecer. Daí estava em alguma playlist do Spotify e tocou Amianto. A música ficou na minha cabeça e coloquei pra repetir. Me pego toda hora cantarolando!

Só depois que fiquei sabendo que eles participaram do Superstar (muita gente deve conhecer do programa, mas como eu não acompanhei realmente só conheci agora!). E acabei encontrando Piloto Automático pelas playlists da vida e curti bastante também.

E aí, já conheciam esse som?!

Espero que tenham gostado ;)

Beijos!

Transformando Sua Energia – Dicas para sair da negatividade

Esses dias passei por uma situação bem interessante que gostaria de compartilhar com vocês pois creio que isso possa ajudá-los a identificar situações parecidas e formas possíveis de atuar sobre elas.

Resumindo um pouco, acabei tendo que lidar com um ambiente que estava muito carregado de energias negativas, sentimentos ruins como tristeza, medo e insegurança pairavam por ali e isso acabou me afetando. Esse tipo de coisa é bem sutil, mas dessa vez eu consegui perceber claramente que eu estava absorvendo tudo isso e chegou a me fazer mal fisicamente: tive dor de cabeça, cansaço, sono e mal estar. Porém, nem sempre nessas situações conseguimos simplesmente sair dali e ficar bem. Então resolvi contar pra vocês o que fiz pra ficar melhor depois de praticamente um dia inteiro num ambiente pesado.

(Coincidência ou não, no dia seguinte encontrei esse texto numa página que sigo no Facebook e foi uma leitura bem interessante pro momento. Recomendo.)

Assim que consegui, voltei pra minha casa. Em casa provavelmente teremos um ambiente onde podemos ficar mais relaxados, sentirmo-nos seguros. Esse foi o primeiro passo. Logo que cheguei ainda estava muito mal e nem consegui fazer muita coisa, simplesmente deitei no sofá e liguei a tv. E olha, até que foi uma boa ideia, pois fui me distraindo e começando a relaxar. Quando já estava um pouco mais leve, fiz uma meditação simples e curta (cerca de 10 minutos). A meditação é uma técnica que conheci a pouco tempo e recomendo a todos! Pode parecer que é algo difícil, que exige muito, mas afirmo com certeza que é algo possível para TODOS! O importante é conhecer os seus limites, respeitá-los e não desistir.

(Dica: existem diversas meditações guiadas disponíveis no YouTube, em sites e aplicativos. Experimente!)

vipassana-997076_1280

Depois da meditação meu estado já tinha melhorado mais um pouco, mas ainda tinha alguma coisinha impregnada. Daí resolvi tomar um banho. O banho tem um significado de limpeza física que todos conhecem, mas também acredito no poder da água para uma limpeza também energética. E funciona mais ainda se realmente mentalizarmos durante o banho que tudo aquilo que havia de negativo em nós está indo embora pelo ralo. Nessa etapa realmente senti que eu estava “limpa”. Foi como se eu entrasse num estado neutro.

O estado neutro já era bem melhor que o negativo, mas eu realmente queria alterar meu estado para algo positivo. Dei uma lida em alguns livros que trazem mensagens ligadas à espiritualidade e então pensei que fazer algo que gosto me faria muito bem: parti para as mandalas. Peguei meu material de colorir, me acomodei confortavelmente e comecei a colorir. Também escolhi uma trilha sonora que sempre me faz bem e me deixa numa frequência positiva:

A música é super poderosa. Com certeza é uma dica que pode por si só ajudar a mudar sua frequência, ou pelo menos melhorar as coisas. Tente descobrir que tipo de música atua no seu humor e de qual forma, perceba que música te acalma, te anima, te faz sorrir… E lembre-se disso para poder usar a música à seu favor quando precisar dar aquela alterada num estado que não está te fazendo bem!

Bem, música e mandala, aí sim a positividade chegou!!!

Importante lembrar que nada aqui pretende servir como receita pra qualquer coisa. As pessoas são diferentes, as situações são diferentes, então não é possível dizer que algo funcione exatamente pra mim do mesmo jeito que funciona pra você. A ideia foi dar umas dicas e compartilhar a minha experiência. Então fica aberto o espaço pra quem tiver mais interesse nessa e em outras questões pra que troquemos umas “figurinhas”.

É um assunto meio novo por aqui. Vocês gostaram?

É muito importante pra mim ter um retorno de você sobre o conteúdo do blog, pra poder seguir sempre num caminho que seja legal pra mim e pra vocês!

Beijos!!!

 

Letra ~M~

Essa tá muuuuito fácil de adivinhar né?!

O que mais tem nesse blog e começa com a letra M?

Só pode ser Mandala!

Fiquei até em dúvida sobre qual mandala fotografar, pois são tantas na minha casa, na minha vida… De diversos materiais, de diversos tipos… Mas a escolhida foi essa, que fiz realmente pra mim, pensando na minha casa:

O mais interessante foi que não conhecia nenhuma música com mandala, e quando fui pesquisar descobri essa do Jorge Vercillo e achei bem bacana!

E aí, gostaram?

Beijos!