São Paulo

Aquarela na Praça

Já faz uns dias que rolou isso, mas resolvi compartilhar pois acredito que tem uma mensagem interessante por trás.

Estive passando uns dias em São Paulo e uma das coisas que sempre tentamos fazer por lá é uma aula de aquarela. Meu pai é artista plástico e dá uns toques pra gente fazer os desenhos. Não é como uma aula de escola, é livre e com o intuito de ser agradável e leve. Essas “aulas” costumam ser na casa de uma amiga nossa, mas dessa vez resolvemos fazer numa praça, e foi incrível!

2015-07-19 14.22.46

O lugar escolhido foi a Praça Buenos Aires, que fica na Av. Angélica, em Higienópolis. Uma praça grande, que no domingo mais parece um parque: muitos passeando com seus cachorros, famílias inteiras com crianças correndo descalças, pique-nique com direito a cestas e cangas no gramado. O clima era realmente agradável!

 

2015-07-19 15.03.50

 

Encontramos então um lugar mais calmo para começar os desenhos. Dessa vez cada um escolheu o que estava afim e nos espalhamos um pouco. Eu já sabia que a minha praia ia ser ficar sentada na canga mesmo, e tentei me inspirar na própria praça para fazer os desenhos.

IMG_0257

 

Não fotografei todos os desenhos que fiz, mas acho que esse representa bem o ambiente da praça:

2015-07-19 15.51.05

Como vocês podem perceber, não sou “desenhista” (como me perguntou uma menina que sentou do meu lado enquanto eu desenhava), mas o bom é poder desapegar da obrigação de fazer algo bonito e simplesmente curtir o momento, ah, e isso posso dizer que soube fazer muito bem!

Olha a turma quase toda:

IMG_0280

Bom, pra quem ainda está se perguntando sobre a mensagem por trás desse post, acho que acabei encontrando mais de uma, e talvez vocês encontrem outras além das que percebi:

– Mesmo em cidades grandes como São Paulo, existem espaços que nos permitem estar mais próximos da natureza e nos desligar um pouco da correria que a cidade representa. Que tal aproveitar mais o que a sua cidade tem de bom?

– Desfrutar das coisas simples é algo que pode ser feito por todos, independente se é através de uma aquarela na praça, de uma tarde com os amigos ou uma brincadeira com seu bichinho de estimação.

– Precisamos nos cobrar menos em algumas coisas. Claro que temos as obrigações e as coisas com as quais realmente precisamos nos preocupar, mas precisamos entender que isso não precisa ser assim pra tudo na vida, em alguns aspectos podemos ser mais leves, deixando as cobranças pra lá.

Bom, espero ter mais momentos como esse, e espero que tenham gostado do post e quem sabe se inspirem para buscar lugares legais e atividades legais onde quer que estejam!

Beijão!

 

Anúncios

Mandalas no Parque Augusta

Olá pessoal! Tudo bem?

Como vocês viram no último post, rolou hoje (3 de março) no Parque Augusta uma atividade com mandalas onde pude compartilhar um pouquinho do que aprendi e também aprender muito com as pessoas que me acompanharam.

Além disso, teve uma prática de Tai Chi muito agradável e diversas outras atividades estão ocorrendo no parque nos últimos dias, já que pode ser que amanhã tenhamos uma reintegração de posse :/

Torcemos para que haja na verdade uma desintegração de posse! (acho esse nome excelente! hehehe)

Mais informações vocês encontram nesse post.

Enfim, resolvi compartilhar algumas fotos dessa “oficina” e também do parque:

DSC03994

DSC03995

DSC03997

DSC03998

???????????????????????????????

???????????????????????????????

???????????????????????????????

DSC04007

???????????????????????????????

???????????????????????????????

???????????????????????????????

???????????????????????????????

DSC04015

???????????????????????????????

Espero que tenham gostado das fotos!

Foi uma manhã muito bacana, de estar com as pessoas, lidar com as diferenças e semelhanças, aprender, fazer e refazer, enfim, só coisas boas que esperamos que reflitam neste espaço que tanto precisa de positividade!

Beijos!

Mandalas, Tai Chi, Parque Augusta e Convite!

Sim, é muita coisa pra um post só.  Mas como vocês devem ter percebido, ando meio sumida do blog e resolvi fazer esse resumão que envolve coisas que tenho feito ultimamente no mundo real e que, é claro, refletem aqui no mundinho virtual!

(Vai ser um resumo mesmo para chegar logo “ao que interessa” que é o convite. Talvez mais pra frente eu faça posts mais específicos sobre os outros assuntos, ok?)

Comecemos pelas mandalas. Todos sabem o quanto sou apaixonada e envolvida com elas, então busco sempre conhecer novos materiais e técnicas para fazer de formas diferentes. Já havia conhecido as mandalas de lã (conhecidas também como Ojos de Dios) através de uma amiga que inclusive me ensinou e pude fazer a minha primeira. Mas depois disso acabei não me dedicando e não fiz mais. Até que num grupo do Facebook descobri que haveria aqui em SP uma Vivência de Mandalas, numa data que eu poderia participar. Me inscrevi e passei um dia incrível com direito à danças circulares, almoço vegetariano, muito aprendizado e pessoas maravilhosas!

Eu e minha mandala criada na 2ª Vivência de Mandalas oferecida pela Mandalas by Lala

Como estou passando as férias em São Paulo, resolvi buscar outras atividades para fazer nesse período, e logo descobri a querida Lenny Blue que orienta práticas de Tai Chi Pai Lin aqui no centro da cidade, em locais como a Praça Roosevelt e o Parque Augusta. Foi através dela que conheci o mágico Parque Augusta. Confesso que a princípio fiquei um pouco acanhada ao entrar no parque, um lugar desconhecido, com barracas e pessoas acampadas, com mata misturada a áreas de concreto, cartazes e artes penduradas, enfim, um ambiente diferente de tudo que eu já tinha visto. Circulavam “malucos”, famílias, cachorros e senhorinhas, então logo percebi que também era espaço pra mim, afinal era espaço pra TODOS. Um cara se aproximou (acho que percebendo como eu me sentia perdida ali) e começou a me contar sobre a história do parque. Eu já tinha ouvido falar alguma coisa, mas estando ali pude entender bem mais sobre a importância de se manter o local como um parque de uso público. Não vou detalhar toda a história, mas indicarei um site onde vocês podem conhecer mais através do links indicados e, se achar justo, ajudar a pressionar para a efetiva criação do parque!

Essa placa representa muito o Parque Augusta *-* “Esta é uma área pública de uso exclusivo para sua livre expressão. É expressamente proibido proibir pedestres e animais de passear, desfrutar, permanecer, viver, amar…” ♡

Enfim, unindo tudo isso, surgiu a ideia de realizar uma roda de mandalas no Parque Augusta após uma prática de Tai Chi (siiiim, tudo se interliga aqui!). E é aí que entra a parte do convite:

Gostaria de convidá-los para uma atividade especial que realizaremos no Parque Augusta na próxima terça-feira, dia 3 de março, às 9h. A querida Lenny Blue orientará uma prática de Tai Chi Pai Lin e logo depois faremos uma roda de mandalas de lã (Ojos de Dios)!

Não precisa ter experiência com nenhuma das atividades, apenas ir com disposição e aprenderemos juntos!

Pra quem não conhece o Parque Augusta, este é um espaço que fica na região central de São Paulo e está em trâmites de negociação, enfim, uma longa história que vocês podem conhecer (e pressionar) melhor aqui: http://paneladepressao.nossascidades.org/campaigns/611
No dia 4 de março (quarta-feira) está prevista uma reintegração de posse, e creio que será um momento de muita tensão. Por isso, ao longo desses dias que antecedem, muitas pessoas tem buscado realizar atividades no local para mostrar cada vez mais sua importância para a população e também criar uma atmosfera positiva e espalhar boas energias.

Para o Tai Chi é legal ir com roupas confortáveis e quem quiser/puder pode contribuir levando material para a confecção das mandalas, sendo eles: palitos (de churrasco, de algodão doce, de sorvete), lãs/fios e tesoura. Lembrando que os materiais são opcionais, não se preocupem pois podemos compartilhar!

Fica o convite para TODAS AS PESSOAS!

3 DE MARÇO (TERÇA-FEIRA) – 9h

PARQUE AUGUSTA (entrada pela Rua Marquês de Paranaguá em frente ao DP)

É só aparecer ou entrar em contato :)

Links úteis:

Facebook Mandalas by Lala – Para conhecer e se informar sobre as próximas vivências!

Facebook Parque Augusta – Para saber mais sobre o espaço e atividades que estão rolando!

Facebook Blog Eis a Questão – Para ficar sempre por dentro do que rola aqui e obter mais informações sobre a atividade do dia 03/03.

 

Beijos!

 

Blog “abandonado”, vida agitada: resumo dos últimos dias

É claro que o “abandonado” do título merece aspas. Foram apenas dias muito atarefados e com dificuldade de acesso à internet.

Mas agora vou contar tuuuuudo (o que der! e só as partes boas!) o que rolou nesses últimos dias, pois teve muita coisa bacana e muitos itens da lista de 101 coisas em 1001 dias se realizando :)

O lance foi bem enrolado, mas simplificando, fui para São Paulo e Belo Horizonte para apresentar trabalhos meus em eventos, e, é claro, aproveitei pra ver pessoas queridas e fazer coisas legais! E no meio de tudo isso foi meu aniversárioooo \o/

Mas para ser direta vou listar os itens realizados e comentar um poquinho:

20- Ir visitar algum amigo que não vejo há muito tempo

Em BH fiquei na casa da querida Ale, que fez oficina de teatro comigo quando morei em Pouso Alegre/MG e que me recebeu algumas vezes na linda cidade de Gonçalves, onde ela morava. Foi muito bom revê-la *-*

EueElaAle

Eu e Ale

70- Conhecer uma cidade nova

Acho que esse item já havia sido realizado antes, mas como Belo Horizonte foi mais uma nova cidade na minha vida, entra aqui também! Vou aproveitar pra colocar aqui algumas fotos que eu fiz por lá:

???????????????????????????????

Beleza na UFMG

???????????????????????????????

Mercado Central

???????????????????????????????

Edifício JK

71- Ir a mais um show do Dance of Days

Mas não foi “mais um show do Dance of Days”, foi um show histórico, cheio de emoção *-* Foi o show de comemoração dos 10 anos do disco “A História Não Tem Fim”, e além de tocar o álbum todo, ainda rolaram covers super bacanas e uma música de cada um dos outros discos. Melhor ainda porque fui com o meu amor ♡

❤

72- Comprar alguma coisa do Dance of Days (camiseta, bottons, etc.)

No show ganhei uma camiseta liiiinda do meu amor e comprei uma caneca :D

78- Apresentar um trabalho meu em um evento de grande porte

Apresentei trabalhos em dois eventos, no SITRE – Simpósio Internacional Trabalho, Relações de Trabalho, Educação e Identidade, na UFMG, em Belo Horizonte, e no Encontro Nacional de Estudos Rurais e Urbanos, na USP, em São Paulo. Ambos são eventos importantes, não sei se realmente se classificariam como “grande porte”, mas nem eu mesma sei dizer o que eu quis dizer com isso quando defini a meta… rsrs!

 

Bom, além dos itens da lista também teve muita coisa bacana: a surpresa da Gringa e a comemoração do meu níver ^^

A surpresa foi muito bem sucedida porque eu realmente não desconfiei de nada! Ela simplesmente apareceu em SP no domingo pra passar um dia com a gente, e foi o melhor presente de aniversário que eu podia receber ♥

Muito amor *-*

Muito amor *-*

No meu aniversário comemoramos duas vezes, todas com comida… Hahahaha! Primeiro almoço na Liberdade, comida japonesa delícia, e no outro dia feijoada no tradicional Salve Jorge, no centro de São Paulo! Bom demais!

feijoada

Foram dias bons, pena que na minha volta pra Dourados a coisa complicou legal e nem tive como vir postar antes… Mas tudo está se resolvendo aos poucos, e voltei a ter fé e esperança de que tudo vai dar certo (:

Espero que logo eu possa voltar com posts mais frequentes, mas por enquanto sigo sempre espiando os blogs e respondendo todo mundo que aparece por aqui!

Beeeeeeijos!

 

 

Museu da Língua Portuguesa

(Esse post é praticamente uma “Parte II” deste post aqui, onde falei da exposição temporária CAZUZA Mostra Sua Cara. Nesse post falarei da parte fixa do Museu!)

2014-02-06 16.05.37

A exposição permanente fica no segundo andar do prédio, e é mais voltada para a parte histórica da Língua Portuguesa, tem painéis, objetos, vídeos… Como eu já havia visitado não tirei fotos dessa parte, mas acho que vocês devem encontrar pela internet afora. No final do post tem o link para o site do Museu e lá há mais detalhes (:

Logo que você compra sua entrada na bilheteria, te entregam um “ingresso” para o terceiro andar, com horário marcado. É que no terceiro andar acontece a projeção de um vídeo sobre a língua portuguesa (10 minutos) e uma espécie de “planetário” da língua (20 minutos), que eu fiquei encantada, pois traz diversas excelentes produções linguísticas brasileiras.

Pra quem não poderá ir pessoalmente, eis o vídeo que é exibido no terceiro andar:

O planetário é incrível, uma verdadeira imersão no mundo da literatura… E após esse momento aparecem algumas frases no chão, eis as que eu mais gostei:

2014-02-06 16.01.31 2014-02-06 16.02.152014-02-06 16.02.58

Mais detalhes sobre o que há em cada andar, e no Museu como um todo, você encontra aqui.

Fiz também umas fotos de dentro do Museu capturando o que havia fora, olhem só:

2014-02-06 16.04.22

2014-02-06 16.09.17

Enfim, é uma visita que vale a pena! Se tiverem oportunidade, visitem!

Alguém já conhece o Museu? Ficaram afim de conhecer?

Beijos!